0
Mensagem enviada!
Aguarde enquanto verificamos suas informações, logo entraremos em contato para atendimento.
Cadastro realizado!
Aguarde enquanto verificamos seu cadastro, logo você receberá nossas informações.
NEWS
quinta-feira, 14 de outubro de 2021
Segurança do Trabalho / Segurança do Trabalho / Segurança do Trabalho / Segurança do Trabalho
Entendendo o GRO (Gerenciamento de Riscos Ocupacionais)!
Entendendo o GRO (Gerenciamento de Riscos Ocupacionais)!
Evitar acidentes ocupacionais é algo muito discutido e, por isso, várias normas e
regulamentos foram criados para que os índices de acidentes de trabalho diminuíssem.
Uma estratégia desenvolvida para reduzir as ocorrências de acidentes ocupacionais é o
GRO (Gerenciamento de Riscos Ocupacionais).

Ele estabelece diretrizes e requisitos para o gerenciamento de riscos ocupacionais e as
medidas de prevenção em Segurança e Saúde no trabalho.

Você sabe o que é ele? Continue lendo que vamos explicar tudo sobre o GRO!
O que é GRO?

O GRO (Gerenciamento de Riscos Ocupacionais) é considerado uma norma completa
com o objetivo de guiar empregadores e organizações sobre gerenciamento e
mapeamento de riscos que podem acontecer e estão presentes no ambiente de trabalho.

Ele está no item 1.5 da NR 01, sendo considerado um Sistema de Gestão de Saúde e
Segurança simplificado, que todas as empresas precisam desde agosto de 2021.

O GRO auxilia para que a empresa consiga identificar de maneira simples e rápida
qualquer ameaça para a saúde dos seus funcionários, que pode ser psicológica ou física.
Todas as empresas tem obrigação de prevenir acidentes de trabalho, mas muitas vezes
os empregadores não conseguem fazer isso de uma maneira eficiente. Porém, com o
GRO isso se tornou possível.

Portanto, o GRO procura atender todas as demandas que um ambiente de trabalho
seguro exige.

Como o Gerenciamento de Riscos Ocupacionais (GRO) funciona?

O objetivo do GRO é identificar os possíveis riscos e eliminá-los de forma eficaz e rápida,
antes que possa causar danos aos empregados e empregadores da empresa.

Dessa maneira, ele evita que esses riscos se tornem um perigo para a saúde de todos da
empresa, sendo definido como a probabilidade x a gravidade de se ocorrer um acidente
ocupacional.

O Gerenciamento de Riscos Ocupacionais (GRO) é composto por quatro passos
fundamentais para identificar e eliminar os riscos.

Veja quais são a seguir:

1. Identificação de perigos e riscos - Risco e perigo são dois conceitos muito
importantes dentro do GRO. O primeiro diz respeito à probabilidade de ocorrência
de exposições ocupacionais perigosas e à gravidade dos danos que podem
prejudicar os empregados. Já o segundo, refere-se à fonte com potencial de causar
algum dano ao colaborador, como máquinas, materiais e locais.

2. Análise e avaliação dos riscos - É utilizado uma matriz de risco onde é avaliada a
probabilidade e as consequências que determinado risco pode oferecer aos
empregadores, através de uma análise, que consta no GRO.

3. Eliminação ou controle - Adotar medidas preventivas para eliminar ou controlar
as fontes de riscos ocupacionais é muito importante. Assim como fazer o uso
constante de materiais de segurança adequados, proporcionar os treinamentos
necessários para todo o setor da empresa, e promover um gerenciamento de
riscos operacionais (GRO) eficaz.

4. Monitoramento e revisão - É necessário que ocorra o monitoramento e revisão
para assegurar que os riscos não voltem a existir e causar transtornos para todos
da empresa. Isso também confirma se as medidas tomadas estão de fato sendo
eficazes.

Além dos tópicos mencionados anteriormente, as empresas também precisam
implementar e manter procedimentos para investigação de acidentes e doenças
relacionadas ao trabalho, como procedimentos para respostas aos riscos, bem como as
características das atividades. Tudo isso irá auxiliar no GRO!

O GRO dentro da NR 01!

A NR 01 que aborda o Gerenciamento de Riscos Ocupacionais (GRO), além de explicar
sobre ele também explica sobre os seguintes tópicos:

● Alguns critérios sobre o PGR (Programa de Gerenciamento de Riscos): que
consta dentro do GRO. É explicado como funciona, quais as empresas que devem
implementá-lo, qual a sua estrutura e periodicidade, quem pode elaborá-lo e como
funciona a sua atualização.

● Inventário de riscos da empresa: aponta todos os riscos presentes no ambiente
de trabalho, qual o nível de cada risco e a ligação do PGR com outros programas.
Faz parte do PGR, assim como o Plano de Ação.

● Obrigações que as empresas devem adotar para lidar com risco e perigos
gerados no ambiente de trabalho.

● Medidas que devem ser adotadas para a prevenção de riscos e perigos,
mostrando como elas podem reduzir e controlar eles no ambiente de trabalho.
● Planos de ação que a empresa deve adotar com as medidas de prevenção. Ele
faz parte do PGR.

● Ações que a empresa deve anotar para analisar acidentes e doenças
relacionadas ao ambiente de trabalho.

● Acompanhamento da saúde ocupacional dos trabalhadores, mostrando quais
as ações que a empresa deve adotar em parceria com a NR 7.

● Ações para a preparação de emergências, se preparando para os cenários que
podem acontecer a qualquer momento.

● Como deve ser feita a prestação de informação digital e digitalização de
documentos da área de segurança e saúde no trabalho.

● Explicação sobre o tratamento diferenciado para MEI (Microempreendedor
Individual), ME (Microempresa) e EPP (Empresa de Pequeno Porte).

A importância do Gerenciamento de Riscos Ocupacionais (GRO)!

Já deu para perceber como o Gerenciamento de Riscos Ocupacionais (GRO) é
importante e necessário para qualquer ambiente de trabalho, principalmente para evitar
os riscos e perigos que possam prejudicar a saúde de todos na empresa.

Dessa forma, é essencial adotar o Gerenciamento de Riscos Ocupacionais (GRO) na sua
empresa, evitando que ela tenha futuros danos, como pagamento de indenizações,
multas e afastamento dos funcionários que foram prejudicados.

O GRO pode evitar tudo isso e a queda de produtividade, garantindo a segurança dos
empregados e de todos que fazem parte da empresa.

Afinal, fazer uma análise detalhada de todos os possíveis riscos em um ambiente de
trabalho é fundamental para evitar que eles ocorram, e para trazer melhorias que possam
auxiliar para que os riscos e perigos deixem de existir ou possam ser minimizados. Isso
tornará o ambiente mais seguro e confiável para que os funcionários possam executar as
suas funções.

Quer saber mais sobre o GRO e tudo que pode auxiliar a sua empresa a prevenir os
riscos e perigos no ambiente de trabalho? Então, siga as nossas redes sociais para se
manter sempre atualizado.

Você também pode entrar em contato conosco para ter mais informações sobre a
elaboração do GRO.
Compartilhar este artigo: